VILA CIDADÃ

Horário: 17 a 23 de março, das 9h às 21h 

Confira a programação da Vila Cidadã

Sugestões de programação por público

A Vila Cidadã é concebida pelo Processo Fórum Cidadão e acontecerá no Estádio Nacional Mané Garrincha. Trata-se de um espaço gratuito e aberto ao público do 8º Fórum Mundial da Água, onde as pessoas poderão participar de atividades formativas, culturais, interativas, sensoriais e de construção de diálogos voltados para melhorar o uso da água. É um espaço aberto a todos que quiserem participar.

O objetivo da Vila é ampliar a consciência, a atenção pública e a participação social para assuntos relacionados à água, além de promover soluções inovadoras para os problemas que os cidadãos enfrentam no cotidiano.

A Vila Cidadã é um espaço para todos! Jovens, adultos, crianças. A sociedade brasileira, bem como todos os visitantes de outros países, poderá desfrutar de um ambiente agregador e interativo tendo como tema central o uso consciente da água.

Na entrada imersiva para dar as boas-vindas, os visitantes iniciarão sua jornada pela Vila Cidadã com dados e informações de todo o espaço para se orientarem em como poderão fazer a sua visita.

A Avenida Olhos D´água receberá o público com vários televisores para conferirem os 110 vídeos do Festival Voz do Cidadão.O Mercado de Soluções apresentará 60 experiências individuais ou comunitárias de diversas partes do mundo, todas relacionadas a boas práticas e gestão no uso da água. A ideia é que os visitantes percebam que podem replicar as iniciativas ou criar suas próprias soluções.

O Cinema Cidadão será uma sala de exibições de filmes para adultos e crianças. Diversos filmes nacionais e internacionais serão exibidos com o tema água. Além disso, a sala será palco também de palestras e premiações.

Uma arena, chamada Arena das Águas para 300 pessoas, abrigará conferências, apresentações e talk shows com convidados nacionais e internacionais. A arena será um ponto de encontro para o diálogo e a interação entre os participantes das diversas áreas do 8º Fórum.

Unir os temas água e meio ambiente e relacioná-los ao cotidiano das pessoas é a ideia do espaço Green Nation, que terá caráter educativo e interativo e contará com cenários imersivos, voltados para visitantes de todas as idades.

A Vila também será por uma semana espaço para troca de saberes entre visitantes, palestrantes, oficineiros e estudantes. A programação Sala de Diálogos “Águas em Movimento” será concentrada com diversas formações e conexões de várias partes do mundo.

Na parte central da Vila estará o Coreto na Praça Água na Boca, onde no formato praça pública, os visitantes terão um palco de atividades espontâneas, abertas e co-criativas, além de uma programação prévia. O Coreto também será espaço para o cidadão expressar o seu entendimento e sentimento pela água.

O Espaço Brasília contará com ampla programação de atividades para apresentar a capital do país, cidade-sede do 8º Fórum Mundial da Água.

Espaço Brasília

Espaço Criança Candanga

Espaço Jovem

Espaço Leitura

O 8º Fórum Mundial da Água estará aberto à participação de toda a sociedade, e a Vila Cidadã será um espaço de descontração, educação, integração e intercâmbio de informações sobre a água como elemento vital ao ser humano.

A Vila Cidadã ocupará uma área de 10 mil metros quadrados e funcionará do dia 17 ao dia 23 de março de 2018, das 9h às 21h, no estacionamento do Estádio Nacional Mané Garrincha. A entrada será gratuita e os visitantes deverão se cadastrar no local ou, previamente, aqui.

GREEN NATION

No Espaço Green Nation, os visitantes poderão conhecer e interagir com as seguintes instalações: Estação Antártica, Submarino, Nave, Asa Delta, Florestas do Mar, Falta Água!, Plante Água, PET Vira PET e Sabores e Sentidos.

Também serão realizadas oficinas de cocriação, Festival Multimídia, Mostra de Cinema, oficinas maker, oficinas de design thinking para crianças, contação de histórias e muito mais. 

DESTAQUES

Na instalação Submarino, o público, por meio de um ambiente multimídia, irá imergir ao fundo do mar, tendo contato com as exuberantes fauna e flora marinhas, que sofrem com poluição, lixo e pescas predatórias.

Na Asa Delta, um simulador em realidade virtual, os visitantes “voam” numa viagem emocionante a lugares no Brasil em que a água é protagonista no transporte, na alimentação, na geração de energia e muito mais.

O público também conhecerá de perto como é a vida no frio extremo, por meio da instalação Estação Antártica, que reproduzirá o laboratório e a moradia dos cientistas no continente gelado.

Em Sabores e Sentidos, os participantes irão degustar diferentes sucos e descobrirão o segredo da embalagem dos ingredientes, que vai muito além da proteção ao alimento. Tudo isso de olhos vendados.

Os caminhos da reciclagem e as oportunidades para o reaproveitamento do plástico estarão presentes na instalação PET Vira PET, que mostra a importância da reciclagem de um jeito descomplicado e a sua relação com a economia de água e a redução do lixo no planeta, a partir de uma máquina de reciclagem de PET.

ESPAÇOS E ATIVIDADES

Além da programação intensa na vila, o Processo Cidadão também tem atividades dentro do Centro de Convenções Ulysses Guimarães. São 28 sessões sobre os mais diferentes assuntos, sempre levando em consideração a perspectiva cidadã para a gestão das águas.

Ainda no Centro de Convenções está o Hydrocafé, um espaço nos moldes de um estúdio de gravação, com debates, bate papos e entrevistas junto a personalidades relevantes.

O universo do empreendedorismo e das startups também não ficará de fora da programação. Nos dias 19, 20 e 21 de março o Green Nation receberá o Camp de Ecoinovação: Desafio Água, voltado a empreendedores que tenham ideias inovadoras sobre o uso da água. Uma parceria com o Sebrae e a ONU Meio Ambiente, que premiará as propostas com soluções mais criativas e sustentáveis para os problemas da água nas áreas de indústria, cidades e agricultura.

Cocriando o Futuro – Nestas oficinas, os participantes desenvolvem novos olhares sobre atitudes que precisam mudar para construir uma sociedade sustentável e realmente nova. Cada um traz suas ideias, que serão trabalhadas com o desafio de se descobrir como colocá-las em prática.

Arduino Flamingo da Seca - Nesta oficina Maker, será criado o Flamingo da Seca, sensor de umidade a partir do uso de Arduino (plataforma de prototipagem eletrônica de hardware livre e de placa única). Cada participante sairá com seu sensor para vasos ou pequenos jardins, que indicará quando as plantas precisam ser aguadas, otimizando o consumo.

Design Thinking para Crianças - Oficina Maker em que será vivenciado um processo de reflexões sobre o consumo de água nos ambientes mais próximos (casa, escola etc), além da prototipagem e da criação de soluções para reuso, reciclagem ou redução (3Rs) do consumo de água nesses locais.

Contação de Histórias - O Projeto Douradinho convida crianças a sentirem, pensarem e agirem em defesa dos rios e matas ciliares a partir do livro “Amiga Lata, Amigo Rio”. O projeto Turma do Planeta lançará o livro da primeira aventura contando a história de “Como Tudo Começou” e, com o e-book “Fala Bia! “, mostrará como a turma limpou o seu rio. A escritora de origem étnica potiguara, Eliane Potiguara, também integra essa área da programação com o livro “A Cura da Terra”, história que fala sobre a natureza, os homens, a origem das coisas e a sabedoria dos ancestrais.

Mesa de Debates “Água na Mídia”- No dia 22 de março, entre 16h e 18h, em parceria com a TV Globo, autores de novelas e minisséries, mediados pela jornalista Sônia Bridi, abordarão o assunto sobre como a questão da água pode e deve ser tratada na dramaturgia e outros produtos audiovisuais, na arena da Vila Cidadã.

Festival Multimidia - Até o dia 15 de março o Green Nation recebe pelo seu site oficial fotografias, filmes/vídeos de micro-metragem em ficção, documentário e animação. No último dia do evento, serão conhecidos os vencedores destas categorias que concorrem ao “Troféu Green Nation”.

Mostra de Cinema - O Green Film Festival, organizado pelo Filmambiente Festival acontecerá no Cine Brasília entre os dias 18 e 23/03. A premiação dos filmes premiará os melhores longas e curtas metragem apresentados, escolhidos por um júri internacional e também pela escolha do público e será realizada no dia 20/03 às 20h30. A Exibição première da série “Manual de Sobrevivência para o Século 21”, episódio “Água que vem do céu”, com a presença do diretor João Amorim e do ator e apresentador Marcos Palmeira. A quarta edição da mostra oferece ao público olhares transversais sobre as várias questões da água. Dia 21 de março, às 18h30.

Acompanhe a programação do Green Film